Criar Anúncio!

Data: 19/2/2020
Frequência: Diária
Edições: Gratuitas

Pesquisar Notícias

Pesquisar

24 janeiro 2020

Indicadores mensais dos fundos de investimento imobiliário

Imprimir
Fundos de investimento

Em dezembro de 2019, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) atingiu 10.511,3 milhões de euros, menos 399,6 milhões (3,7%) do que em novembro.

O montante investido nos fundos de investimento imobiliário caiu 4,7% para 7.675,9 milhões de euros. Nos FEII, o valor recuou 0,97% para 2.445,8 milhões de euros e nos FUNGEPI subiu 0,1% para 389,5 milhões de euros.

No período em análise, os países da União Europeia foram o destino da totalidade do investimento feito em ativos imobiliários, tendo 46,4% da carteira dos FII e FEII abertos sido aplicados em imóveis do setor dos serviços. Os investimentos realizados pelos FUNGEPI destinaram-se sobretudo ao setor do comércio (65,3% do total).

A Interfundos (12,9%), a Square AM (11,3%) e a Norfin (9,6%) detinham as quotas de mercado mais elevadas.
Em dezembro foi constituída a sociedade de investimento imobiliário “Roots and Cliffs – SICAFI", gerida pela LYNX. No mesmo mês foram liquidados o fundo especial de investimento imobiliário fechado “Imoprojecto”, gerido pela Selecta, e o fundo de investimento imobiliário “Vision Escritórios”, gerido pela Norfin. Ainda em dezembro houve a transferência de gestão do fundo especial de investimento imobiliário “Lucasfin – Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado”, da Norfin para a GEF.

Fonte: CMVM

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.